Buscar no site




















Candidíase

O que voce gostaria de saber

descriçao

Uma infecção por leveduras, chamada candidíase, é uma desordem ginecológica comum caracterizada por um corrimento (descarga) branca, não sanguinolento, da vagina. É causada por um da espécie de fungo conhecido como Candida albicans, Candida tropicalis, Candida glabrata ou Candida parapsilosis. O crescimento excessivo delas causa inflamação, irritação, e coceira dentro da vagina e vulva. Esta infecção também pode afetar a boca, mamas, e outras áreas úmidas na pele. Todos os homens e mulheres normalmente têm bactérias e uma quantidade pequena de fungo nas superfícies da pele e dentro de orifícios (vagina, reto, e boca). As bactérias comumente impedem que o fungo cresça ao ponto de causar sintomas. Certas situações predispõem um indivíduo a contrair uma infecção: diabete, gravidez, atividade sexual, e infecção pelo HIV.

causas

Desordens hormonais ou condições que causam mudanças hormonais permitem que uma mulher desenvolva uma infecção por levedura. Problemas médicos graves que também agridem ou debilitam o sistema imune da pessoa aumentam o risco de se desenvolver candidíase. Algumas causas incluem: Diabete (especialmente os níveis de açúcar no sangue estão altos, diabete descontrolado) Gravidez. Uso de pílulas anticoncepcionais. Menopausa. Infecção pelo HIV (a candidíase pode ser um sinal precoce de infecção pelo HIV não diagnosticada). Atividade sexual Uso de corticosteróide e antibióticos. Acredita-se que a fonte de infecção deve ser uma reserva intestinal de leveduras (incluindo a cândida) que estaria presente na maioria das pessoas.

sintomas

Os sintomas mais comuns de infecções por levedura incluem: Corrimento vaginal (branco espesso, consistência de coalhada) Vermelhidão e inflamação da vulva e vagina Queimor à micção ou relação sexual Coceira vaginal ou vulvar.

diagnosticos

Uma história é tomada para determinar fatores de risco para a infecção. Um exame ginecológico junto com uma análise da secreção (corrimento) vaginal é normalmente realizado. Assegurar que nenhuma outra doença sexualmente transmitida ou infecções estão presentes o que pode ser feito por cultura da secreção em laboratório.

tratamentos

Medicamentos de aplicação intravaginal (miconazol, clotrimazol, nistatina) estão disponíveis, mas não são tão efetivos quanto opções mais novas. As mulheres com sintomas de infecção de levedura devem contatar o médico, visto que nem todas terão alguma levedura. Medicamentos de uso intravaginal mais potentes incluem terconazol, tioconazol, e nitrato de butoconazol, usados durante 3 a 7 dias. Medicamentos orais incluem terapia de um dia com fluconazol, e terapia de 10-14 dias com nistatina ou cetoconazol. Taxas de cura estão entre 80% a 90%, mas recorrências também são comuns durante a vida da mulher. Evite relações sexuais até os sintomas terem desaparecido o curso de tratamento tenha sido completado. Evite duchas vaginais, banhos de assento, desodorantes e outros produtos que podem irritar a pele. Evite usar um maiô molhado ou roupa úmida depois de se exercitar por períodos prolongados (o que pode causar uma nova infecção).