Buscar no site




















Botulismo

O que voce gostaria de saber

descriçao

É uma doença pouco freqüente mas muito grave, causada pela ingestão da toxina produzida pela bactéria Clostridium botulinum. O local de ação dessa toxina é na área de união dos nervos com os músculos: inibe a liberação de um neurotransmissor e, pelo fato de interromper a transmissão do impulso nervoso, produz paralisia muscular.

causas

A ingestão de alimentos contaminados que contenham substâncias tóxicas produzidas pela bactéria Clostridium botulinum (inclusive em mínimas quantidades). Essa bactéria forma esporos que podem permanecer em estado latente durante muito tempo. As fontes mais comuns desse tipo de contaminação são as conservas caseiras, os peixes (especialmente crus ou defumados), os vegetais, as frutas, os laticínios, a carne de boi, os alimentos em lata e os temperos.

sintomas

Manifesta-se de maneira abrupta: boca seca, dificuldade para deglutir e falar, visão borrada, pálpebras abaixadas, pupilas que não se contraem facilmente em presença da luz; também pode haver náusea, vômitos, cólicas abdominais, dificuldade para falar e deglutir e fraqueza nos músculos respiratórios.

diagnosticos

O médico baseia o diagnóstico nos sintomas nervosos e musculares. A toxina pode ser detectada no sangue e no alimento suspeito. No caso de botulismo infantil, também é realizada uma coprocultura (cultura de fezes) para isolar o Clostridium botulinum.

tratamentos

Como prevenção, é conveniente jogar fora as conservas que apresentem sinais de estar estragadas. Se uma pessoa contraiu a toxina botulínica, deve ir ao médico, que avaliará a necessidade de realizar uma lavagem gástrica. Os distúrbios respiratórios representam o maior perigo do botulismo, por conseguinte, torna-se necessário verificar os sinais vitais com muita freqüência. A antitoxina botulínica não reverte o dano causado, mas detém ou atrasa a deterioração progressiva e permite a recuperação lenta do organismo. A recuperação desta doença demora vários meses.