Buscar no site




















Difteria

O que voce gostaria de saber

descriçao

É uma infecção aguda produzida pelo bacilo Corynebacterium diphteriae, que geralmente cresce nas membranas do nariz e da garganta. Também pode afetar outras membranas mucosas e, ocasionalmente, infetar a pele. Na atualidade, esta doença é rara por causa das campanhas de vacinação. A difteria é mais comum em crianças menores de 10 anos.

causas

A infecção é provocada pelo Corynebacterium diphteriae, que se contagia rapidamente através das gotículas expelidas por uma pessoa infectada. O bacilo diftérico pode ser transmitido por um portador imune à doença, que não manifesta sintoma algum e que, inclusive, pode ignorar que está infetado.

sintomas

Depois de ocorrida a infecção, existe um período de incubação durante o qual não se apresentam sintomas. Os sintomas aparecem de maneira súbita: dor de garganta e febre acompanhadas de mal-estar geral e fraqueza. O sintoma característico é uma membrana aderente acinzentada ou amarelo esverdeada, na parte posterior da garganta. Os gânglios linfáticos do pescoço sofrem inflamação, mas a infecção raras vezes se estende além da garganta. Uma séria complicação da difteria é a obstrução do fluxo de ar para os pulmões. Em certos casos, essas complicações exigem atendimento urgente para evitar uma sufocação. Outra possível complicação é que a toxina que a bactéria produz cause danos nos nervos, no músculo cardíaco ou nos rins. Também pode apresentar paralisias localizadas, semelhantes às da poliomielite.

diagnosticos

A presença de uma membrana na garganta indica diferia. Para obter a confirmação, obter uma amostra de tecido para sua cultura (amostra de exudato) e isolar o Corynebacterium.

tratamentos

Um paciente com difteria requer de hospitalização e isolamento. Além da medicação, o repouso é indispensável durante a fase aguda da doença. Essa doença pode ser evitada respeitando o calendário oficial de vacinação, que estabelece 3 doses da vacina tríplice aos 2, 4 e 6 meses de idade. A vacina tríplice imuniza contra o tétano, coqueluche e difteria.