Buscar no site




















Não fique parado

Jovens sofrem cada vez mais com as lesões por movimentos repetitivos e outros problemas ortopédicos. Os principais inimigos dos músculos e dos ossos são o computador e o sedentarismo. Nos consultórios, as reclamações mais ouvidas são relativas à tendinite e a lombalgia, mais conhecida como dor lombar. O Saude conversou com o fisioterapeuta Vladimir Reis de Oliveira, médico do SOS Fisioterapia, e ele nos deu algumas dicas.

Os problemas mais comuns que afetam a população são a bursite, a tendinite e a lombalgia. Oliveira afirma: “Entre os jovens há mais casos de tendinite, devido ao tempo em que eles passam na internet ou em jogos. É muito comum que eles tenham a famosa L.E.R. (lesões por esforços repetitivos)”. Vladimir recomenda um alongamento para quem sente dores no punho: “Para dor no punho o ideal é a pessoa parar um pouco e alongar os músculos do anti-braço. A maneira mais fácil de fazer isso é levar os braços para frente, entrelaçar os dedos e projetar os ombros para frente. Depois alongar um braço de cada vez, segurando as mãos pela ponta dos dedos, ora para cima, ora para baixo”.

Já a lombalgia afeta jovens e adultos, principalmente pela maneira com que se levantam, pegam peso ou sentam. “As pessoas tem o costume de sentar com o quadril para a frente, o ideal é deixar a coluna ereta" afirma Oliveira. Outra dica do fisioterapueta é nunca curvar a coluna para pegar peso, a forma adequada é se agachar e flexionar os joelhos.

Vladimir Reis de Oliveira também dá dicas para quem já sofre das dores há algum tempo. E a principal delas é nunca ficar parado. "Mesmo para quem já frez algum tratamento para dor na coluna, sempre recomendamos que a pessoa não leve muito tempo sentada. Se trabalha em escritório, pelo menos de uma em uma hora, levante-se para tomar água, um café, ir ao banheiro ou simplesmente se espreguiçar. Levar horas sentado cansa a musculatura estabilizadora". E quanto a rotina de exercícios ideal para sair do sedentarismo, ele faz um aviso: "É muito importante consultar o médico antes de praticar qualquer esporte. alguns exercícios podem prejudicar ao invés de ajudar".

Para quem quer simplesmente evitar problemas, a dica de Vladimir é uma só: alongamento, exercícios, movimentação, gastar o máximo de energia. "A nova geração de jovens em sua maioria é preguiçosa, temos que reavaliar nossos hábitos".